Adasa mobiliza colaboradores para o 8º Fórum Mundial da Água

 

mobilizao

Colaboradores da Adasa assistem à apresentação do 8º Fórum Mundial da Água

Contadores registrando 2.100 inscritos, participação de 110 paises, 100% de comercialização concluída dos espaços da Expo e com 75% dos stands da Feira já vendidos. Agora foi a vez de o 8º Fórum Mundial da Água desembarcar de vez na agenda dos servidores da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa). Na manhã desta sexta-feira (02), a Diretoria Colegiada da Adasa apresentou aos colaboradores da Agência a estrutura, a logística e infraestrutura, o processo temático e os destaques do FMA, cuja área estimada é de quase 10.000 m², 20% a mais do que a edição anterior em Daegu, Coreia (2015). O evento ocorrerá de 18 a 23 de março e envolverá governo, sociedade civil, empresas e instituições científicas nos debates sobre oferta, compartilhamento e preservação de recursos hídricos. A estimativa é que cerca de 40 mil pessoas participem do fórum durante os seis dias.

Uma das novidades desta edição será a participação de juízes e promotores. “É a primeira vez que o fórum ocorre no Hemisfério Sul, inclui o poder Judiciário e chama para a discussão países da América Latina”, revelou o diretor-presidente da Adasa, Paulo Salles, ao apresentar o 8º FMA e falar sobre sua importância no contexto global.

Outra inovação destacada por Salles é a participação popular por meio da Vila Cidadã, cuja inscrição obrigatória é gratuita, e falou sobre o espaço Green Nation, que oferece experiencias sensoriais, como voar de asa delta sobre a selva amazônica. “Diferentemente dos outros fóruns, neste a sociedade civil está em todas as discussões preparatórias. Todo o processo deste fórum é aberto e transparente. O nosso principal investimento é trazer para o Brasil um grande evento para discutir a água, porque ela está presente em todas as atividades humanas”, disse. 

O diretor da Adasa Jorge Werneck abordou o processo temático e os destaques do programa do 8º FMA. Segundo ele, foi feito um trabalho prévio para discutir os temas, por meio de análise de documentos, consultas públicas, eventos internacionais, com o intuito de gerar uma grade concisa e de fácil compreensão para facilitar o processo de interação. Foram definidos seis temas, como clima, pessoas, ecossistemas, financiamento, desenvolvimento e urbano. “O objetivo do fórum é buscar soluções e meios para que se tenha água e saneamento para todo o mundo de forma adequada."

Werneck ressaltou outra novidade: nos painéis temáticos em formato de arena, estão previstos o equilíbrio entre os gêneros e a presença regional em todos os setores participantes.

Na sequência, Elizabeth Ribeiro, chefe da ATE (Assessoria Técnica Especializada) da Adasa, que acumula na bagagem a organização de grandes eventos esportivos internacionais na capital, detalhou um dos espaços mais aguardados por todos: a área da Adasa e do GDF na Feira da Água e na Vila Cidadã, no interior do Estádio Nacional Mané Garrincha. Elizabeth antecipou como será programação visual e o layout dos pavilhões da Adasa nos dois locais e ofereceu uma prévia da programação de shows, palestras, debates, exposições, cinema, teatro, eventos culturais e atividades recreativas que prometem movimentar as manhas, tarde e noites de Brasilia. Elizabeth convidou todos os servidores a se engajarem como voluntários na movimentação de atividades culturais nos espaços multi-uso da Adasa e do GDF na Feira e na Vila.

Em seguida, o chefe do SGP (Serviço de Gestão de Pessoas) da Agência, Dennis Monteiro, falou sobre o programa de envolvimento dos servidores e colaboradores da Adasa, elencando as principais ações, os canais de comunicação disponíveis para o engajamento e as propostas de participação para mobilizar os funcionário para o evento. E apresentou a nova mascote da Adasa, ainda sem nome, criada por uma das servidoras especialmente para celebrar a chegada do Fórum a Brasília. Uma urna recebe sugestões de nomes, que irão a votação pública pelas redes sociais e nas escolas do DF e entorno visitadas pelo Programa Adasa na Escola, de 27 de fevereiro a 6 março. Em 9 de março será conhecido o nome da mascote em um evento com participação do público, servidores e imprensa.

A contagem regressiva já começou. Faltam só 44 dias para Brasília converter-se em capital mundial da água. 

Quem é ela?

Ela veio das estrelas e é antenadíssima. Acompanha todas as inovações da moda, tecnologia, turismo e pesquisa. Para os místicos, ela é de sagitário e adora viajar. Não se sabe como, mas fala todas as línguas do planeta. Sua cor favorita é o azul, do superclaro ao mais escuro, e o verde. Muito fotogênica e divertida, adora crianças e animais. Gosta de ser útil aos seres vivos, mas detesta desperdício. É vaidosa e se não for para ficar bem na foto, ela nem aparece. Ah! Ela tem dois superpoderes: fica bem pequena (até quase sumir) ou muito grande (como uma inundação) se for maltratada. Prazer, seu nome é... 

Assessoria de Comunicação e Imprensa
aci@adasa.df.gov.br
(61) 3961-4909/4972