Comitês de Bacia promovem encontro de integração para discutir a qualidade da água no DF

 

Os Comitês de Bacias Hidrográficas dos afluentes dos rios Paranaíba-DF, Preto-DF e Maranhão-DF, reúnem-se na tarde desta terça-feira (10/12), no auditório da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa), para discutir a qualidade dos recursos hídricos no Distrito Federal e os desafios a serem enfrentados.

O diretor da Adasa, Jorge Werneck, falará sobre o enquadramento dos corpos d’água no Distrito Federal e o monitoramento da sua efetivação e as professoras do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília (UnB), Leonora Gomes e Cristina Brandão irão destacar, respectivamente, as normas internacionais de qualidade dos ambientes aquáticos e perspectivas para o Brasil e os poluentes emergentes no contexto da segurança hídrica.

O enquadramento dos corpos d’água em categorias, segundo os usos preponderantes da água, é um dos instrumentos da política distrital de recursos hídricos. Tem por objetivo estabelecer as metas de qualidade da água a serem alcançadas de acordo com cada uso (abastecimento doméstico, recreação, irrigação, dessedentação animal, navegação e produção de energia) e definir ações preventivas permanentes para diminuir os custos de combate à poluição da água. Serve também de referência na gestão dos recursos hídricos, como na concessão de outorgas.

Os comitês de bacia têm papel importante na discussão desse enquadramento, ao avaliar as condições dos corpos d’água e pactuar iniciativas para a melhoria da qualidade.  

Foto: Agência Brasília 

Assessoria de Comunicação e Imprensa (ACI)
61 3966-7514 / 7507 ou 3961-4972 / 4909 / 5084
aci@adasa.df.gov.br