Delegação de Moçambique conhece projetos de regulação de água, esgoto e drenagem da Adasa

 

Uma delegação formada por representantes do Governo de Moçambique, acompanhada por membros do Banco Mundial (BIRD) visitará a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), nesta segunda-feira (25/11), a partir das 14h30.  A visita técnica tem o objetivo de conhecer as práticas de gestão e regulação de água, esgoto e drenagem urbana.

Além de Brasília, a ação seguirá até 4 de dezembro em Belo Horizonte (MG), Curitiba(PR) e Porto Alegre(RS) e integra a Missão de Intercâmbio de Conhecimentos entre Moçambique e Brasil no âmbito do Programa Cooperação Sul-Sul. A visita aos órgãos públicos faz parte da assistência técnica adicional que o BIRD oferece aos seus clientes de Moçambique.

A ideia é fortalecer a prestação de serviços de saneamento e drenagem nas cidades moçambicanas e em particular a cidade costeira da Beira. A oferta de água, o saneamento e a drenagem nas cidades moçambicanas são complexas.  Além disso, as agências municipais autônomas, criadas para fornecer serviços de saneamento e de drenagem nas principais cidades (a cidade de Beira foi a primeira a criar esta agência), lutam com os baixos níveis de capacidade técnica, financeira e operacionais.

 A delegação de Moçambique e os membros do BIRD serão recebidos pelo diretor-presidente da Adasa, Paulo Salles, pelo diretor José Walter, pelos superintendentes Cássio Cossenzo e Marcos Helano e pelo coordenador de Regulação, Igor da Silva.

Assessoria de Comunicação e Imprensa (ACI)
61 3966-7514 / 7507 ou 3961-4972 / 4909 / 5084
aci@adasa.df.gov.br