Adasa recebe até 28/3 contribuições para gestão integrada da água no Pipiripau

A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) receberá até o dia 28/3, subsídios à Análise de Impacto Ambiental (AIR) - um dos principais instrumentos voltados à melhoria da qualidade regulatória - para assegurar o uso múltiplo da água na bacia hidrográfica do Ribeirão Pipiripau. O objetivo é promover uma gestão integrada na região.

A bacia do ribeirão Pipiripau é reconhecida como crítica, com recursos hídricos insuficientes para atender às demandas dos diversos usos múltiplos da água (abastecimento humano, irrigação de culturas agrícolas e produção pecuária). Ela representa um desafio para a gestão integrada dos recursos hídricos, na medida em que a população aumenta e a disputa pelo uso é maior.

A Análise do Impacto Ambiental foi realizada pela Adasa, em parceria com a Casa Civil do Governo Federal. Entre as etapas de elaboração da análise estão a identificação da natureza do problema, a consulta aos atores afetados e as estratégias de implementação, fiscalização e monitoramento.

Ao acessar a consulta pública (http://www.adasa.df.gov.br/consultas-publicas/consultas-publicas/consultas-publicas/1161-consulta-publica-001-2019) os interessados terão acesso a  informações técnicas sobre a bacia, o histórico das ações de gestão realizadas na região, as principais dificuldades e a matriz de desempenho das alternativas.  

As contribuições poderão ser enviadas para o endereço  eletrônico cp_001_2019@adasa.df.gov.br ou para o Protocolo Geral da Adasa,  Setor Ferroviário, Parque Ferroviário de Brasília, Estação Rodoferroviária, Térreo, Ala Norte, CEP: 70631- 900, até as 17 horas do dia 28 .