Autorizada a revitalização da adutora principal do Canal Santos Dumont

A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) autorizou a liberação de recursos para a revitalização do Canal Santos Dumont, localizado em Planaltina. O projeto consiste na tubulação em PVC e polietileno da adutora principal de 9.800 metros. Foram liberados R$ 3,2 milhões - do saldo gerado pela Tarifa de Contingência cobrada durante o período crítico da crise hídrica de 2016 - para a compra do material pela Companhia de Saneamento Básico do DF (Caesb).

O canal Santos Dumont é alimentado pelo ribeirão Pipiripau e abastece 84 propriedades rurais da região, que trabalham na produção de hortaliças.  Com a obra de revitalização, a Adasa espera que os irrigantes recuperem 50% da água perdida pela absorção do canal aberto em terra batida.

O projeto de revitalização vem sendo desenvolvido há três anos, mas o valor inicial e a dificuldade de financiamento obrigaram o seu desmembramento. O tubulação dos oito canais secundários está a cargo da Secretaria da Agricultura (Seagri), com a ajuda dos irrigantes locais. O projeto original está sendo redesenhado para diminuir os custos e viabilizar o término da obra.


Assessoria de Comunicação e Imprensa
aci@adasa.df.gov.br 
(61) 3961-4909/4972